quinta-feira, 6 de outubro de 2011

JN tenta derrubar a greve dos bancários



Na edição de 06/10 do Jornal Nacional, a TV Globo tentou sensibilizar seus telespectadores mostrando em uma > reportagem <, a dificuldade dos aposentado para retirarem seu dinheiro num caixa-eletrônico.
Tentou, mas conseguiu demonstrar aquilo que todo bancário já sabe: OS CLIENTES PREFEREM O ATENDIMENTO HUMANO. OLHO NO OLHO. Como frisa a reportagem.
Alguém na Globo, a esta hora, já deve ter tomado um puxão de orelha.
Repare de quem é o oferecimento.
Nossa luta é dura. O combate é contra o poder da banqueirada e da grande mídia.

Greve nacional completa 10 dias, fecha 8.758 agências e cobra negociações



LEIA MAIS CLIQUE > CONTRAF-CUT<

Sindicatos de todo mundo apoiam greve e cobram negociação da Fenaban



Conteúdo completo > AQUI <

Bancários param 8.556 agências no nono dia e greve já é a maior em 20 anos

A greve nacional dos bancários de 2011 já é a mais forte dos últimos 20 anos. A categoria fechou 8.556 agências de bancos públicos e privados em todos os 26 estados e no Distrito Federal nesta quarta-feira (5), nono dia de paralisação, superando o pico da greve de 2010, quando os trabalhadores pararam 8.278 unidades em todo país.

O balanço foi feito pela Contraf-CUT, a partir dos dados enviados pelos sindicatos até as 19h.

"A força da greve é fruto da insatisfação cada vez maior dos bancários com o silêncio da Fenaban, que se mantém intransigente e não retoma o processo de negociações", afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do Comando Nacional dos Bancários. "Que os bancos não se enganem: a greve continuará crescendo ainda mais se eles teimarem em não dialogar e fazer uma proposta decente, que atenda as justas reivindicações dos bancários", completa.

Os bancários entraram em greve no dia 27 de setembro, após a rejeição da proposta de reajuste de 8% apresentada pela Fenaban na quinta rodada de negociações, que significa apenas 0,56% de aumento real.

Os trabalhadores reivindicam reajuste de 12,8% (aumento real de 5% mais inflação do período), valorização do piso, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), mais contratações, extinção da rotatividade, fim das metas abusivas, combate ao assédio moral, mais segurança, igualdade de oportunidades, melhoria do atendimento dos clientes e inclusão bancária sem precarização, dentre outros itens.

A Contraf-CUT não recebeu até agora resposta para a carta enviada na terça-feira (4) à Fenaban. "Cobramos responsabilidade e coerência dos bancos, que prometem disposição para dar continuidade às negociações, mas não retomam o diálogo com as entidades sindicais. Enquanto eles não saírem da sua inércia, os bancários irão ampliar e fortalecer ainda mais a greve em todo país", conclui Cordeiro.


Fonte: Contraf-CUT

trabalhadores dos Correios: maioria rejeita acordo e mantém greve



Como está a greve dos trabalhadores dos Correios. acesse >FENTECT< Fonte oficial. E  na > CONTRAF-CUT<

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Uma vez tucana, sempre direita


E os votos dos mais "flanáticos" migram sem dissernimento algum...

Leia mais > clique aqui CARTA CAPITAL <

Greve aumenta no país e Banrisul apresenta proposta específica





A greve é a maior em 20 anos. 8.556 agência paralisadas. (leia mais: clique aqui)

Banrisul volta a negociar  e apresenta nova proposta. Reajuste de 12% no piso (Leia mais: clique aqui)

SEM RESPOSTA...

A Contraf-CUT não recebeu até agora resposta para a carta enviada na terça-feira (04/10) à Fenaban. "Cobramos responsabilidade e coerência dos bancos, que prometem disposição para dar continuidade às negociações, mas não retomam o diálogo com as entidades sindicais. Enquanto eles não saírem da sua inércia, os bancários irão ampliar e fortalecer ainda mais a greve em todo país", conclui Carlos Cordeiro, presidenta da Contraf-CUT.

Rotatividade nos bancos reduz salários entre admitidos e desligados em 38,39%




Além de provocar milhares de demissões, a política de rotatividade dos bancos privados é nociva para a renda dos bancários. A diferença entre a média dos salários de admitidos e desligados foi -38,39% no primeiro semestre deste ano, conforme a Pesquisa do Emprego Bancário, elaborada pelo Dieese e Contraf-CUT, com base nos dados do Caged do Ministério do Trabalho e Emprego. A remuneração média dos desligados foi de R$ 4.054,14, enquanto que a dos admitidos ficou em R$ 2.497,79.
Leia mais clique aqui.

Contraf-CUT defende em audiência no TST o fim da precarização do emprego


A Contraf-CUT participou nesta terça-feira (4) da audiência pública sobre terceirização de mão-de-obra, realizada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília. É a primeira audiência pública da história do Tribunal e que terá continuidade nesta quarta-feira (5).

De acordo com o secretário de Organização do Ramo Financeiro da Contraf-CUT, Miguel Pereira, o objetivo foireforçar o entendimento dos ministros do TST sobre as questões relacionadas àterceirização.

Também participaram Ana Tércia Sanches, diretora do Sindicato dos Bancários de São Paulo, e Thiago D'Avila Fernandes, advogado do Sindicato dos Bancários de Sergipe.

Acordo no TST pode por fim à greve dos Correios

Sindicatos dos trabalhadores dos Correios decidem hoje, 05/10, em assembleia o Acordo no TST.



GREVE CONTINUA A CRESCER NESTE 8ª DIA



O silêncio dos bancos está aumentando a insatisfação dos bancários e fortalecendo a greve nacional da categoria, que cresceu e fechou 8.328 agências de bancos públicos e privados em todos os estados e no Distrito Federal nesta terça-feira (4), oitavo dia de paralisação. O balanço foi feito pela Contraf-CUT, a partir dos dados enviados pelos sindicatos até as 18h30.

Comando Nacional: silêncio dos bancos amplia greve nacional dos bancários

Acesse: Nota do Comando Nacional dos Bancários


terça-feira, 4 de outubro de 2011

GREVE AMPLIA PARA 33 AGÊNCIAS PARALISADAS NA REGIÃO


Os bancários e as bancárias de Nova Friburgo e Região ampliaram para 33 agências durante o oitavo dia de greve geral por tempo indeterminado. E a estimativa da direção do SEEB - Nova Friburgo é que mais de 80% dos 700 bancários aderiram ao movimento.
Hoje, 04/10, a paralisação chegou nas agências de Bom Jardim. Agora, na base do SEEB-NF são três municípios com 100% de adesão: Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Bom Jardim.
O Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo informa que na base da Federação dos Bancários do Rio e Espírito Santo  até ontem, 03/10 eramo 1.187 mais prédios administrativos.
Itaú-Unibanco (11 ags) Nova Friburgo 0222, Olaria 6025, Ceasa 6026, Getúlio Vargas 6542, Conselheiro Paulino 7459, Centro 8230, Caledônia 8736, Braune 9204,Cachoeiras de Macacu 4843, Papucaia 6027 e Bom Jardim 4844.
Bradesco (6 ags) Nova Friburgo 0540, Conselheiro Paulino 1332, Olaria 2813, Braune 3078, Cachoeiras de Macacu 2050 e Bom Jardim 6757.
Banco do Brasil (6 ags) Nova Friburgo 0335, Olaria 4396, Conselheiro Paulino 5650, Cachoeiras de Macacu 1688, Carmo 3712, Macuco 3946 e Bom Jardim 1652.
Caixa Econômica Federal (6 ags) Nova Friburgo 0186, Olaria 1623, Conselheiro Paulino 4119, Cantagalo 0970, Bom Jardim 2060 e Cachoeiras de Macacu 2061.
Santander (2 ags) Nova Friburgo 3216 e Conselheiro Paulino 4220.
HSBC (1 ag) Nova Friburgo 0269.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Uma sema de paralisações e a greve continua nesta terça

Os bancários e as bancárias de Nova Friburgo e Região mantiveram paralisadas 32 agências durante o sétimo dia de greve geral por tempo indeterminado. E a estimativa da direção do SEEB-Nova Friburgo é que cerca de 80% dos 700 bancários aderiram ao movimento.

As novidades são: Hoje, 03/10, o Comando Nacional dos Bancários está reunido em São Paulo para avaliar o movimento e definir estratégias. E que a Justiça do Trabalho proibiu os Correios de descontar os trabalhos dos grevistas.


Na base do SEEB-NF são três municípios com 100% de adesão: Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Cordeiro.

Itaú-Unibanco (11 ags) Nova Friburgo 0222, Olaria 6025, Ceasa 6026, Getúlio Vargas 6542, Conselheiro Paulino 7459, Centro 8230, Caledônia 8736, Braune 9204,Cachoeiras de Macacu 4843, Papucaia 6027 e Cordeiro 6069 .

Bradesco (6 ags) Nova Friburgo 0540, Conselheiro Paulino 1332, Olaria 2813, Braune 3078, Cachoeiras de Macacu 2050 e Cordeiro 1888 .

Banco do Brasil (6 ags) Nova Friburgo 0335, Olaria 4396, Conselheiro Paulino 5650, Cachoeiras de Macacu 1688, Carmo 3712 e Cordeiro 0915.

Caixa Econômica Federal (6 ags) Nova Friburgo 0186, Olaria 1623, Conselheiro Paulino 4119, Cantagalo 0970, Bom Jardim 2060 e Cachoeiras de Macacu 2061.

Santander (2 ags) Nova Friburgo 3216 e Conselheiro Paulino 4220.

HSBC (1 ag) Nova Friburgo 0269.

Comando Nacional se reúne nesta segunda para ampliar greve dos bancários


O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, se reúne nesta segunda-feira, dia 3, às 15 horas, em São Paulo, para avaliar e ampliar a greve na próxima semana, diante do silêncio da Fenaban em retomar as negociações e apresentar uma proposta decente para a categoria. A reunião será realizada na sede da Contraf-CUT (Rua Líbero Badaró, 158 - 1º andar), no centro da capital paulista.

domingo, 2 de outubro de 2011

GReVE CONTINUA FORTE E CHEGA A CORDEIRO

Os bancários e as bancárias de Nova Friburgo e Região mantiveram paralisadas 32 agências durante o quarto dia de greve geral por tempo indeterminado. Em 2010, foram no máximo 25 agências fechadas. Ea estimativa da direção do SEEB-Nova Friburgo é que cerca de 80% dos 700 bancários continuam em greve.aderiram ao movimento.


A novidade é que na sexta-feira (30/09) as três (100%) agências da cidade de Cordeiro aderiram ao movimento. Todas as agências bancárias de Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu que possuem o maior contigente de bancários estão com 100% das agências paralisadas. 
ASSEMBLEIA HOJE - 03/10 ÀS 17 HORAS EM ÚNICA CONVOCAÇÃO.
AUDITÓRIO DO SINDICATO.


Itaú-Unibanco (11 ags) Nova Friburgo 0222, Olaria 6025, Ceasa 6026, Getúlio Vargas 6542, Conselheiro Paulino 7459, Centro 8230, Caledônia 8736, Braune 9204,Cachoeiras de Macacu 4843, Papucaia 6027 e Cordeiro 6069 .

Bradesco (6 ags) Nova Friburgo 0540, Conselheiro Paulino 1332, Olaria 2813, Braune 3078, Cachoeiras de Macacu 2050 e Cordeiro 1888 .

Banco do Brasil (6 ags) Nova Friburgo 0335, Olaria 4396, Conselheiro Paulino 5650, Cachoeiras de Macacu 1688, Carmo 3712 e Cordeiro 0915.

Caixa Econômica Federal (6 ags) Nova Friburgo 0186, Olaria 1623, Conselheiro Paulino 4119, Cantagalo 0970, Bom Jardim 2060 e Cachoeiras de Macacu 2061.

Santander (2 ags) Nova Friburgo 3216 e Conselheiro Paulino 4220.

HSBC (1 ag) Nova Friburgo 0269.