quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Bancários retardam horário de abertura de agência do Itaú em Nova Friburgo





Hoje, 09/09, os dirigentes sindicais paralisaram por uma hora as atividades do Itaú (ag. Pça Getúlio Vargas). Para marcar a data em que a pauta de negociação com a Fenaban é Saúde e Condições de Trabalho, os sindicalistas paralisaram por uma hora a abertura da agência Praça Getúlio Vargas, no Centro de Nova Friburgo.

O protesto no Itaú denunciou a irresponsabilidade dos bancos que demitem, não contratam, sobrecarregando assim os funcionários das agências. O resultado desta prática irresposável é o adoecimento dos trabalhadores. De acordo com o banco de dados do SEEB Nova Friburgo, o Itaú é o banco em que há mais bancários lesionados na sua base. “Cerca de 40% das CATs que estão na secretaria do Sindicato são de companheiros e companheiras do Itaú”, informa Max Bezerra, presidente da entidade.

Na atividade, os sindicalistas distribuíram o jornal do cliente produzido pela Contraf-Cut e fizeram o “varal da ganância” onde o lucro do banco foi exposto e espantou a todos que passavam pela rua. “Com R$ 4,586 bilhões de lucro obtido neste semestre, o Itaú-Unibanco pode atender as reivindicações dos bancários” finaliza o sindicalista.