quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Orinetações do Comando Nacional para Campanha Salarial 2008

O Comando Nacional, reunido em 01/10, informa que não houve nenhuma manifestação por parte da FENABAN no sentido de apresentar uma nova proposta que contemple as reivindicações da categoria.

Embora haja espaço para avançar na questão do índice a Fenaban não se mostra com disposição de melhorar e simplificar a PLR, valorizar os pisos bem como os auxílios alimentação/refeição.

Que as paralisações, no dia 30/09, que ocorreram em todo Brasil foram positivas, inclusive dentre os trabalhadores dos bancos privados.

Assim sendo o Comando Nacional dos Bancários orienta o seguinte:
  1. Realização de assembléias da categoria em 07/10 para deflagrar greve nacional por tempo indeterminado à partir de 08/10.
  2. Agir conforme a circular jurídica expedida pela Contraf para que o movimento seja considerado legal bem como amenizar os efeitos dos possíveis interditos proibitórios impetrados pelos bancos.


COMANDO NACIONAL DOS BANCÁRIOS

Bancários do Rio suspendem greve

Em assembléia realizada na noite de 1º de outubro, os bancários do Rio de Janeiro decidiram suspender a greve por tempo indeterminado, deflagrada na segunda-feira, 29. Depois de dois dias de um movimento forte e bombardeado por interditos proibitórios em três grandes bancos privados – Itaú, Real e Unibanco – a diretoria do sindicato apresentou a proposta de suspender a greve. O objetivo desta medida é fazer um recuo estratégico para não desgastar a categoria e concentrar esforços para construir a greve nacional. A oposição propôs que a greve continuasse, mas, em menor número, foi derrotada. Cerca de mil bancários lotaram a Galeria dos Empregados do Comércio para decidir os rumos do movimento.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Bancári@s paralisam todas agências de Nova Friburgo

Campanha Nacional dos Bancários
Atividade de retardamento até as 12 horas do dia 30/09.
Bradesco - Nova Friburgo


Banco do Brasil - Nova Friburgo


Bradesco - Alberto Braune

Itaú - Nova Friburgo


Unibanco - Nova Friburgo

Caixa - Nova Friburgo

Unibanco - Caledônia

Itaú - Getúlio Vargas

HSBC

Real - Nova Friburgo


Os bancários e as bancárias de Nova Friburgo & Região reunidos em assembléia no dia 29/09, rejeitaram a proposta de 7,5% de reajuste salarial e o mesmo modelo de PLR (Regra Básica = 80% do salário reajustado + R$ 943,85 e Adicional com valor máximo de R$ 1.935,00).

Na assembléia, os 91 presentes optaram pela greve de advertência até as 12HORAS do dia 30/09. A greve de advertência foi realizada nas 18 agências de Nova Friburgo (11 no Centro, 4 em Olaria e 3 em Conselheiro Paulino).

O Comando Nacional dos Bancários se reunirá hoje, dia 1º/10, às 14h, na sede da Contraf-CUT, para avaliação das mobilizações do dia 30 e decidir as orientações para os sindicatos a respeito do prosseguimento do movimento. Os bancários fizeram paralisações em 22 capitais e nas bases territoriais de mais 126 sindicatos da categoria em todo o país.

Quadro de atividades com informaçãos da Contraf-CUT

Paralisação de 24h
São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Ceará, Pará/Amapá, Espírito Santo, Florianópolis – SC, Campinas, Mato Grosso, Paraíba, Piauí, Porto Alegre – RS, Rondônia, Acre,, Alagoas, Santos, Campo Grande, Ararangua – SC, Blumenau – SC, Camaquã – RS, Campina Grande – PB, Campo Mourão – PR, Campos dos Goytacazes – RJ, Cariri – CE, Chapecó – SC, Concórdia – SC, Criciuma – SC, Divinópolis – MG, Dourados – MS, Erechim e Região – RS, Feira de Santana – BA, Itaperuna – RJ, Jequié e Ipuaú – BA, Juiz de Fora – MG, Londrina – PR, Paranavaí – PR, Petrópolis – RJ, Santa Cruz – RS, Santo Ângelo – RS, Sul Fluminense – RJ, Teresópolis – RJ, Toledo – PR, Jacobina – BA, Três Rios & Região – RJ, Macaé – RJ, Guarulhos – SP, Umuarama/Assis Chateaubriand – PR, Vitória da Conquista – BA, Guaratinguetá – SP, Niterói – RJ, Jaú – SP, São José dos Campos – SP, Ponta Porã – MS, Sorocaba – SP, Araraquara – SP, Três Lagoas – MS, Guaporé e região – RS, Itabuna – BA, Bragança Paulista – SP, Baixada Fluminense – RJ,Cachoeira do Sul - RS (24h na CEF), Catanduva – SP, São Borja - RS (24h na CEF), Barretos – SP, Jundiaí – SP, Irecê e região – BA, Taubaté e região – SP, Angra dos Reis – RJ, Apucarana – PR, Limeira – SP, Presidente Prudente – SP, Guarapuava – PR, Cataguases e Região – MG, Santa Maria e região – RS, Santo André – SP, ABC, Serafina Corrêa - RS (24h no Banrisul), Navirai - MS (24h CEF e BB), Andradina (24h, exceto CEF, por tempo indeterminado),,Vale do Paranhana – RS, Cornélio Procópio – PR, Assis – SP.
Greve por tempo indeterminado*Brasília – DF, Rio de Janeiro – RJ, Maranhão – MA, São Leopoldo – RS, Santa Maria e região – RS, Bauru – SP.* Novas assembléias serão realizadas para decidir a continuidade ou não da paralisação.
Rejeitaram proposta de paralisação
São Miguel do Oeste – SC, Joaçaba - SC , Franca – SP, Corumbá – MS, Teófilo Ontoni e região – MG, Presidente Venceslau – SP, Ribeirão Preto – SP, Rio Claro – SP.
Outras decisões
Sergipe (paralisação no dia 02/10), Guarapuava - PR (retardamento de duas horas na abertura das agências), Teófilo Otoni - MG (dia de protesto, com todos os funcionários vestindo preto e distribuição de panfletos), Rondonópolis - MT (dia de luta), Roraima (dia de luta), Arapoti (nova assembléia para avaliação do quadro), Videira - SC (irão se reunir com os bancários na manhã 30/09 para decisão sobre a paralisação), Araçatuba (dia 30 será realizado manifestação nas agências da cidade com paralisação e retardamento na abertura no mínimo em 1h), Marília (retardamento da agência em 1h no dia 30), São Carlos - SP (decidiram não votar nenhuma questão em razão da baixa presença, aguardam novas orientações do comando), Nova Friburgo - RJ (paralisação até às 12h).